Como Otimizar o Windows 7

//Como Otimizar o Windows 7

Como Otimizar o Windows 7

Certifique-se que a máquina está rodando com todos os drivers atualizados. Recomendamos o uso do SlimDrivers para essa tarefa.

Os requisitos mínimos de memória para rodar o Windows 7 são:

  • 1 GB de RAM (32 bits) ou 2 GB de RAM (64 bits).

É recomendado pelo menos o dobro do mínimo para um desempenho satisfatório.

Muitos fabricantes fornecem computadores novos com programas que você não solicitou e que talvez não queira. Muitas vezes, eles incluem edições de avaliação e versões limitadas de programas que as empresas de software desejam que você experimente, ache úteis e pague para atualizar para as versões completas ou mais recentes.

Se você decidir que não os quer, manter o software no computador pode torná-lo lento, pois ele usa memória, espaço em disco e capacidade de processamento preciosos. É recomendável desinstalar todos os programas que você não pretende usar. Isso inclui tanto softwares instalados pelo fabricante e softwares que você mesmo instalou, mas não usa mais, especialmente programas utilitários criados para gerenciar e ajustar o hardware e software do computador. Frequentemente, os programas utilitários, como antivírus, limpadores de disco e ferramentas de backup, são executados automaticamente no momento da inicialização, de maneira silenciosa e em segundo plano, onde você não pode vê-los.

Muitas pessoas não têm ideia de que ainda estão sendo executados. Mesmo que seu computador seja mais antigo, ele pode conter programas instalados pelo fabricante que você nunca notou ou dos quais esqueceu. Nunca é tarde demais para removê-los e eliminar a desordem e o desperdício de recursos do sistema. Talvez você tenha achado que usaria o software algum dia, mas isso nunca aconteceu. Desinstale-o e veja se o computador fica mais rápido.

Muitos programas são projetados para iniciar automaticamente quando o Windows é iniciado. Muitas vezes, os fabricantes de software configuram seus programas para abrir em segundo plano, onde você não pode vê-los em execução; dessa forma, eles são abertos imediatamente quando você clica em seus ícones. Isso é útil para programas que você usa muito, mas para programas que você usa raramente ou nunca, isso se converte em um desperdício de memória e retarda o tempo necessário para concluir a inicialização do Windows.

  1. Menu iniciar > executar > msconfig
  2. Aba inicialização
  3. Desmarque todos os programas desnecessários
  4. Faça a mesma coisa na aba serviços

A fragmentação faz com que o disco rígido execute um trabalho extra que pode tornar o computador lento. O Desfragmentador de Disco reorganiza dados fragmentados para que o disco rígido funcione de forma mais eficiente. O Desfragmentador de Disco é executado de acordo com um agendamento, mas você também pode desfragmentar o disco rígido manualmente.

*Não desfragmente caso o disco seja um SSD.

Utilize o programa CCleaner para fazer uma limpeza dos arquivos temporários bem como limpar o arquivo de registros. Não esqueça de fazer um backup do registro quando perguntado pelo software.

Para ajustar todos os efeitos visuais a fim de melhorar o desempenho:

  1. Para abrir Informações e Ferramentas de Desempenho, clique no botão Iniciar

    Imagem do botão de Início e clique em Painel de Controle. Na caixa de pesquisa, digite Informações e Ferramentas de Desempenho e, na lista de resultados, clique em Informações e Ferramentas de Desempenho.

  2. Clique em Ajustar efeitos visuais. Se for solicitada uma senha de administrador ou confirmação, digite a senha ou confirme. Clique na guia Efeitos Visuais, clique em Ajustar para obter um melhor desempenho e em OK. (Para uma opção menos drástica, selecione Deixar o Windows escolher a melhor opção para o computador.)
  1. Para abrir Sistema, clique no botão Iniciar, clique com o botão direito do mouse em Computador e clique em Propriedades.
  2. No painel esquerdo, clique em Configurações avançadas do sistema. Se for solicitada uma senha de administrador ou confirmação, digite a senha ou confirme.
  3. Na guia Avançado, em Desempenho, clique em Configurações.
  4. Clique na guia Avançado e, em Memória virtual, clique em Alterar.
  5. Desmarque a caixa de seleção Gerenciar automaticamente o tamanho do arquivo de paginação de todas as unidades.
  6. Em Unidade [Rótulo do Volume], clique na unidade onde está o arquivo de paginação que você quer alterar.
  7. Clique em Tamanho personalizado, digite um novo tamanho em megabytes na caixa Tamanho inicial (MB) ou Tamanho máximo (MB) , clique em Definir e em OK.

Passo 1. No “Painel de Controle”, clique em “Programas”;

Passo 2. Em “Programas e Recursos”, clique em “Ativar ou desativar recursos do Windows”;

Passo 3. Desmarque a opção “Windows Search”;

Passo 4. Clique em “Sim” para continuar;

Passo 5. Clique em “OK” e aguarde alguns minutos até que o processo termine;

Passo 6. Para finalizar, clique em “Reiniciar agora”.

O ReadyBoost permite usar uma unidade removível, como um pen drive, para melhorar o desempenho de seu computador sem abri-lo e adicionar mais memória (RAM). Para usar o ReadyBoost, você precisará de um pen drive ou um cartão de memória que tenha pelo menos 500 MB livres e uma taxa de transferência de dados alta.

Para usar o ReadyBoost

  1. Insira o pen drive em uma porta USB do computador.
  2. Na barra de tarefas, selecione Explorador de Arquivos.
  3. Pressione e segure (ou clique com o botão direito do mouse) o pen drive (ou cartão SD caso tenha usado um) e selecione Propriedades.
  4. Selecione a guia ReadyBoost e depois selecione Usar este dispositivo.
    O Windows determina se o dispositivo pode usar o ReadyBoost. Se não for possível, uma mensagem aparecerá para informar você.
  5. Depois que o Windows determinar quanto de espaço livre deverá ser usado para otimizar a memória, selecione OK para reservar esse espaço para que o ReadyBoost possa usá-lo.
    Quando você examinar o conteúdo do pen drive no Explorador de Arquivos, verá um arquivo chamado ReadyBoost.sfcache nele. Esse arquivo mostra a quantidade de espaço reservada para o ReadyBoost.
Observação

Se o Windows estiver instalado em uma unidade de estado sólido (SSD), o ReadyBoost não poderá ser usado porque a unidade SSD já é rápida e você não obterá um desempenho melhor usando o ReadyBoost.

By | 2017-06-23T13:31:33+00:00 abril 7th, 2017|Tutoriais|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment